Polícia Civil fecha oito bares durante a 4ª fase da operação ‘Harpócrates’, deflagrada nas zonas sul e centro-sul da capital

A Polícia Civil do Amazonas deflagrou a quarta fase da operação “Harpócrates”, na noite de sexta-feira (15/03), por volta de 21h, nas zonas sul e centro-sul da capital, e interditou oito bares por falta de licenciamento ambiental de funcionamento de som.

A ação foi coordenada pela Delegacia Especializada em Crimes contra o Meio Ambiente e Urbanismo (Dema), sob o comando da delegada Carla Biaggi, titular da especializada, com apoio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), policiais militares do Batalhão de Policiamento Ambiental do Amazonas e peritos do Instituto de Criminalística (IC).

De acordo com a autoridade policial, as equipes interditaram os estabelecimentos comerciais e a aparelhagem de som foi recolhida pela Semmas, por ausência de licença municipal. Biaggi destacou o intuito da ação.

“O objetivo da operação foi fiscalizar estabelecimentos comerciais, após o recebimento de denúncias anônimas delatando situações de poluição sonora em bares na região e requisição do Ministério Público do Estado do Amazonas (MPAM)”, explicou a titular da Dema.

Operação Harpócrates – Carla Biaggi explicou que o nome da operação faz referência ao deus da mitologia grega Harpócrates, conhecido como o “Deus do Silêncio”.

A titular da Dema informou que serão instaurados Inquéritos Policiais (IPs) acerca das irregularidades encontradas nos estabelecimentos e que os proprietários dos bares, onde foram identificadas as violações, estarão sujeitos a infrações administrativas, multas e Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs).

FOTO: Divulgação/ Assessoria de Imprensa de Polícia Civil do Estado do Amazonas
CONTATOS: Assessoria de Comunicação da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM): Flaíze Viana 99345-6725, 99962-2358 (corporativo), 3214-2250 e 3214-2262.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA