Prefeito fala sobre corte no fornecimento de energia por parte da CEAM

OTANIEL LYRA

A Companhia Elétrica do Amazonas (CEAM) suspendeu nesta terça-feira o fornecimento de energia para a prefeitura e prédios públicos de Canutama em razão de débito que o Município tem para com a companhia. O volume do débito está beirando um milhão de reais e foi acumulado ao longo de vários anos dos últimos dois mandatos.

A redação do jornal e site Voz do Purus entrou em contato com o prefeito Otaniel Lyra (PP) e este afirmou que já pegou a administração com essa dívida monstruosa. Ele disse que ao saber desse débito procurou a agência, em Manaus, e fez o parcelamento das contas. Ocorre que o agente local, segundo o prefeito, não repassava as faturas mês a mês, como era de se esperar, e quando fazia esses repasses ao setor financeiro, enviava várias parcelas de uma só vez.

De acordo com o prefeito, parece muito estranho que a companhia não tenha suspendido  o serviço na administração passada, que acumulara dívida de 08 anos, agindo assim somente agora.  Otaniel diz que lamenta profundamente essa herança da gestão passada e alega que o grupo continua tentando prejudicar a atual administração de várias formas.

Após constatar a suspensão do serviço, o setor jurídico da prefeitura acionou o poder judiciário, pois o Município não pode ter suas atividades paralisadas.  Quanto à dívida, o prefeito vai entrar em contato com a empresa mais uma vez para entrar em acordo e mais uma vez parcelar o débito.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA