Agência do IBGE se instala em Lábrea

Na manhã desta quarta-feira, 12 de junho, aconteceu a solenidade de instalação da Agência do IBGE em Lábrea, no auditório da Prefeitura. Estiveram presentes várias autoridades e personalidades do Município e do Estado, entre elas o prefeito Gean Barros, o vice-prefeito, Mabi Canizo, o presidente da Câmara, o popular Fanga e vereadores, além do chefe do IBGE no Amazonas, José Ilcleson Mendes Coelho.

Em seu discurso, o Chefe do IBGE afirmou que produzir estatística é uma tarefa difícil, complexa e extremamente cara, ressaltando que o orçamento inicialmente previsto para o censo de 2020 é de 3.1 bilhões de reais para atender todos os municípios do país.

Sobre a instalação da agência no Município, José Ilcleson Mendes afirmou que ela é fruto de parceria com a prefeitura e faz parte de um projeto interno de revisão que decidiu por ampliar para 11 o número de agências no interior, além da instalação de três outras agências em Manaus.

A ampliação tem como objetivo cobrir todo o território do Amazonas e com isso coletar informações precisas de todos os municípios do Estado. Essas informações, elenca, são essenciais para a população e sobretudo ao Município que passa a contar com dados fidedignos e assim pode orientar melhor suas políticas públicas

O chefe do IBGE pediu também a colaboração de cada cidadão para que receba bem os informantes do IBGE em suas casas. Ele afirmou que trouxe do Rio de Janeiro o servidor Claudio Marx, para que ele pudesse ver a realidade amazonense e as dificuldades que será visitar cada aldeia e cada comunidade nos rincões mais longínquos do Estado.

Por fim, o representante do IBGE no Amazonas agradeceu o empenho da Prefeitura e da Câmara Municipal em ceder um espaço físico para a instalação da Agência em Lábrea.

Já o prefeito Gean Campos falou de sua alegria em receber a Agência do IBGE em Lábrea e rememorou um pouco das dificuldades enfrentadas pelo Município. Citou que, ao contrário de Manaus que conta com o vigor da Zona Franca, os municípios do interior são dependentes ainda de repasses dos governos do Estado e da União.

Sobre a vinda do IBGE para a cidade, Gean Campos saudou essa decisão dos dirigentes do órgão e também agradeceu aos vereadores do Município por aprovarem por unanimidade o projeto que cedeu o espaço físico para o funcionamento da agência do IBGE. “Nosso gabinete estará de portas abertas para receber os representantes do IBGE sempre que eles julgarem necessário nos procurarem e estaremos prontos para ajuda-los naquilo que estiver ao nosso alcance”, finalizou Gean Campos.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA