Cabo Maciel reforça importância das medidas preventivas de combate ao vírus H1N1

O vice-líder do Governo na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), deputado Cabo Maciel (PR) reforçou nesta quinta-feira (07) o alerta emitido semana passada pelo Governo do Estado e a Prefeitura de Manaus sobre a importância das medidas preventivas de combate ao Vírus da Influenza A (H1N1) e o Vírus Sincicial Respiratório (SRV).

De acordo com o parlamentar, que também é membro-suplente da Comissão de Saúde e Previdência da Assembleia, a síndrome gripal no Amazonas é grave e precisa da conscientização da população para ser combatida até que a vacina, prevista para a segunda quinzena deste mês, seja disponibilizada pelas unidades de saúde.

Segundo o deputado do PR, a gravidade da doença foi apontada na última quarta-feira (06) na quinta edição do Boletim Epidemiológico da SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave) no Estado do Amazonas, divulgado pela Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), que aponta 301 casos da síndrome gripal grave no Estado.

O documento informa que, das 301 notificações, 69 são positivos para o H1N1, 45 para o SRV e 17 mortes por H1N1 — 13 em Manaus, dois em Manacapuru, um em Parintins e um em Itacoatiara. “Quero alertar a população para que tomem atitudes preventivas até que as vacinas, previstas para a segunda quinzena de março, estejam disponíveis nas unidades de saúde”, reforçou Cabo Maciel.

Urgência

O deputado do PR defendeu que, assim que chegar a Manaus, as vacinas sejam enviadas com urgências para todos 61 os municípios amazonenses para que a população do interior seja imunizada imediatamente. Ele disse que solicitará ao governador Wilson Lima para que o efetivo da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e a Polícia Civil tenham prioridade no processo de imunização.

Cabo Maciel observou que o efetivo de segurança pública realiza um trabalho intenso 24h nas ruas da capital e no interior do Estado, e estão mais vulneráveis a adquirir os vírus. “É importante que tenhamos essas vacinas disponíveis para toda a população, principalmente para o nosso efetivo militar. Enquanto isso, todos precisam realizar o trabalho preventivo”, reforçou.

Sinais e sintomas da Influenza

É uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório, caracterizada por febre alta de início súbito, acompanhado por intensas dores musculares e articulares, dor de cabeça, dor de garganta e coriza.

Os sintomas podem evoluir para falta de ar e outras complicações respiratórias. As pessoas que possuem algum fator de risco para complicações ou alguma imunodeficiência possuem um risco maior e podem apresentar complicações respiratórias associadas à infecção viral.

A gripe é transmitida de pessoa a pessoa, principalmente, ao falar, tossir, espirrar e pelas mãos que transmitem o vírus por contato direto ou contaminando superfície e objetos.

Medidas de Prevenção

Recomenda-se a lavagem frequente das mãos antes de tocar em mucosas (olhos, boca e nariz) e após espirrar, o uso de lenços de papel (descartável) para proteger boca e nariz ao espirrar; uso de álcool gel; indivíduos doentes devem manter repouso, alimentação balanceada e ingestão de líquidos adequada, evitando contato com outras pessoas em ambientes fechados e aglomerados; evitar a exposição de menores de cinco anos ao clima chuvoso; manter ambientes bem ventilados; caso o indivíduo apresente febre, tosse, dor de garganta, falta de ar ou qualquer outro sintoma associado, deve procurar o serviço de saúde para melhor avaliação.

 

Texto: Assessoria do Deputado

Gabinete do Deputado Cabo Maciel (PR)

Paulo Ferraz (92) -9425-2514

Jerson Aranha (92) 99156-0879

Antônio Lopes (92) 99103-5820

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA