Duas das principais referências da culinária amazonense, os chefs dos restaurantes Estória de Pescador e Shin Suzuram, Milton Rôla e Hiroya Takano, respectivamente, serão homenageados nesta sexta-feira (6), com o Título de Cidadão do Amazonas, pela Assembleia Legislativa do Estado (Aleam).
As homenagens serão realizadas em sessão conjunta, às 10h, no plenário Ruy Araújo, localizado na Av. Mário Ypiranga Monteiro (antiga Recife), nº 3.950, bairro Parque 10 de Novembro.

Autor das proposituras, o deputado estadual Serafim Corrêa (PSB), afirmou que Hiroya Takano e Milton Rôla são referências e estudaram para sempre manter os empreendimentos com novidades da culinária.

“O Hiroya é japonês de nascimento e dedicou-se à culinária oriental. Ele estudou e virou uma referência nacional. O Hiroya misturou peixes amazônicos com a culinária japonesa e por isso é justo darmos esse destaque. Já o Milton, acreano de nascimento, foi servidor público e depois que se aposentou, juntamente com a Marília, criou o Estória de Pescador, se dedicando aos nossos peixes, a explorar a nossa culinária cabocla. Os dois sempre se esforçam para apresentar novidades. Então, concluo que eles merecem essa homenagem, pois são referências na cidade de Manaus”, disse Serafim.

Milton Rôla
Nascido em Rio Branco, no Acre, o chef e proprietário do restaurante Estória de Pescador, Milton Rôla, afirmou que está no Amazonas há mais de 40 anos e há quase sete anos decidiu iniciar o empreendimento especializado em culinária regional.

“Me sinto muito honrado por receber essa homenagem das mãos do deputado Serafim, que sempre prestigiou o nosso restaurante. Trabalhei como servidor público federal e viajei por grande parte dos municípios do Amazonas. Tive a oportunidade de conhecer os pratos típicos e sempre gostei de gastronomia, de cozinhar para os amigos, e o que fazia por prazer acabou virando negócio”, disse Milton.

De acordo com o chef, o restaurante busca resgatar aqueles pratos tradicionais da culinária do amazonense e que acabaram ficando no passado. “Você chega ao restaurante e vê que há sempre muitas pessoas de cabeça branca almoçando, justamente porque resgatamos pratos que se consumiam antes. Sou amazonense de coração desde que cheguei aqui. Agora serei de fato e de direito”, relatou.

Hiroya Takano
Nascido em 1952 em Hokkaido no Japão, Hiroya Takano emigrou com a família para Manaus em 1960 para trabalhar na lavoura da Colônia Japonesa.
Em 1978, seus pais decidiram abrir estabelecimento no ramo alimentício, o Restaurante Shin Suzuran, dedicado à culinária japonesa que, até aquele momento, era desconhecida na região. Em janeiro de 1980, Hiroya assumiu a direção do restaurante e inovou contratando os melhores cozinheiros que havia em São Paulo, associando ingredientes regionais à culinária japonesa.

Através da dedicação ao estudo e ao conhecimento de sua profissão, Hiroya aperfeiçoou-se até chegar ao patamar de Chef de Cozinha, acrescentando à culinária de nossa região a beleza da cultura japonesa, elaborando pratos típicos japoneses com os ingredientes locais, tais como: peixes, as plantas alimentícias não convencionais da Amazônia, entre outros.

“Vim para Manaus com oito anos e 60 anos depois fico muito feliz porque é a homenagem maior que recebi até hoje e toda minha família está em festa, toda família Takano está em festa. É uma notícia muito boa para mim e para os 41 anos do restaurante Shin Suzuran”, disse Hiroya.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA