DA REDAÇÃO – No próximo dia 07 de março Lábrea completa 133 anos de uma história de lutas e importantes conquistas de sua ordeira e brava gente. A cidade se situa às margens do Rio Purus e no passado era dominada por grupos étnicos indígenas, mas com a colonização sofreu forte influência cultural de nordestinos que vieram à região em busca de melhores condições de vida que esperavam alcançar através da exploração da borracha no século passado.

Distante a 700 KM de Manaus, Lábrea se destaca como polo de agricultura familiar e aos poucos vem se consolidando também como um dos polos do agronegócio no sul do Amazonas.

O acesso à sede do município pode ser feito através de rodovias ( BR 317, BR 319 e BR 230), por água ou por via aérea.

População
De acordo com o IBGE, Lábrea conta com a aproximadamente 45 mil habitantes. Um dos destaques na arquitetura urbana é a centenária catedral de Nossa Senhora de Nazaré.

História
A primeira grande atividade econômica de Lábrea foi a exploração da borracha, tempos em que o produto alcançava excelente preços no mercado internacional. Esse período é intitulado por historiadores locais como “Era do Ouro Branco”.

A primeira grande leva de migrantes nordestinos foi trazida à região pelo Coronel Antonio Rodrigues Pereira Lábrea. Essa ação propiciou o surgimento de uma comunidade, às margens do rio Purus, em 1871, que mais tarde se transformaria no município. Mais tarde, com a vinda de religiosos à região, a cidade foi povoada e urbanizada.

As explorações regulares na região do rio Purus datam de 1852. Acredita-se que anteriormente já fora penetrada por aventureiros à procura das riquezas naturais da terra, onde primitivamente habitavam índios Pamaris, Cucumãs, Ipurinas, Muras, Purupurus, Jamadis e Canamaris.

Manoel Urbano da Encarnação e o Capitão Manoel Nicolau de Melo foram os primeiros a fixar residência na zona do Purus. O pequeno núcleo desenvolveu-se sob sua administração, passando a freguesia em 1873, Distrito de Paz em 1874, e Município em 1881. Em 1945 fez parte do território de Rondônia, tornando no ano seguinte ao Amazonas.

A Lei provincial n.° 265, de 15 de maio de 1873, criou a Freguesia de Nossa Senhora de Nazaré de Ituxi. Em 6 de setembro de 1878 foi instalada a Paróquia de Nossa Senhora de Nazaré de Lábrea, sendo a freguesia elevada a vila pela Lei n.° 523, de 14 de maio de 1881, e o Município, instalado somente a 7 de março de 1886.

Lábrea é sede de Comarca desde 24 de maio de 1883, (Lei n.° 607) datando de 2 de abril de 1890 a sua instalação. Ganhou foros de cidade a partir de 11 de outubro de 1894 (Lei n.° 97), sob a Denominação de São Luís de Lábrea. O território sofreu diversas reduções, para formar outros Municípios, abrangendo, atualmente, 2 distritos: Lábrea e Fortaleza do Ituxi. A Prelazia de Lábrea foi constituída em 1.° de maio de 1925.

Dados geográficos e conformação cultural
Lábrea situa-se entre os rios Madeira e Purus e possui hoje duas importantes áreas culturais indígenas. O município situa-se entre dois grandes rios (Purus e Madeira) e duas importantes áreas culturais indígenas, com possível influência em suas tradições. O Município sofre a influência de três estados Brasileiros (Rondônia, Acre e Amazonas), além de forte influência de colonização boliviana, o que lhe assegura uma grande e rica diversidade cultural.

Fontes de recursos
A riqueza de Lábrea basicamente é fomentada pela agricultura familiar. O Município tem uma grande produção de feijão de corda, mas ainda depende fortemente de importar frutas e hortaliças de regiões vizinhas, como Humaitá e Porto Velho.

Educação em Lábrea
De acordo com dados fornecidos pela prefeitura, a cidade conta hoje com dez escolas municipais de Ensino Fundamental, uma escola pública para o Ensino Médio, o campus do Instituto Federal de Ciência, Educação e Tecnologia do Amazonas (IFAM), e os polos universitários da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e da Universidade Aberta do Brasil (UAB).

PROGRAMAÇÃO DO CARNAVAL E COMEMORAÇÕES DO 133º ANIVERSÁRIO DE LÁBREA

Dia 05/03 – TERÇA-FEIRA

  • 19:00hs – Apresentação dos blocos carnavalescos
  • 22:00hs – Apresentação da Banda Forró Pegada
  • 23:00hs – Desfile das candidatas a Miss Lábrea
  • 00h00hs – Apresentação do cantor Wanderley de Andrade
  • 02:00hs – Apresentação da Banda FREE SOM
  • 03:00HS – Apresentação do grupo local XOTE SWINGADO.

Dia 07/03 – QUINTA-FEIRA

  • 10:00hs – Reinauguração da CASA Zacarias Xavier
  • 10:30hs – Reinauguração da CASA Raimundo Domingos e academia Ar Livre
  • 11:00hs – Homenagem às classes de trabalhadores
  • 12:00hs – Reinauguração do Centro de Convivência do Idoso
  • 20:00hs – Apresentação do DJ ELQUIMAR BRASIL
  • 21:00hs – Apresentação do DJ ROSSIFRAN
  • 22:00hs – Desfile Miss Lábrea
  • 23:00hs – Apresentação da Banda RD3
  • 00:00hs – Apresentação da cantora Nayara Azevedo
  • 02:00hs – Apresentação do Cantor Wanderley Andrade
  • 03:00hs – Apresentação da Banda FREE SOM.
COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA