Lábrea tem várias atividades, conscientização e muita atividade lúdica em Semana Ecológica

DA REDAÇÃO – A prefeitura de Lábrea, através da Sema e várias entidades parceiras, celebram a Semana Ecológica, que se iniciou neste domingo, com uma vasta programação para que o tema meio ambiente não passe despercebido. A programação propriamente dita terá início nesta quarta-feira, dia 05 de junho, com o Workshop de Meio Ambiente, cujo tema principal será a Água. Esse evento fará uma reflexão sobre a importância da conservação desse recurso natural, indispensável à manutenção da vida no Planeta.

Na mesma data, também haverá mostra de painéis ecológicos; Exposição de maquetes – Cidades Sustentáveis; Apresentação de documentários sobre o tema; Apresentação e premiação do Concurso de Redação; Exposição dos estantes das instituições parceiras; doação de mudas.

Na quinta-feira, 06 de junho, a programação terá início também às 09 horas, com a culminância do projeto “Cidade Limpa”; Sensibilização com os moradores; Distribuição de sacos de lixo; Mutirão de Limpeza; Instalação de Placas Educativas (Publicidade Verde).
A série de eventos se encerra na sexta-feira, 07 de junho. Nessa data, a abertura dos trabalhos acontece às 17 horas, com a Segunda Pedalada ecológica de Lábrea. Ainda, nessa data, haverá Passeio Ciclístico; Danças; Teatros; Sorteio de Prêmios; e Poesias.

A Semana do Meio Ambiente é uma realização da Prefeitura Municipal, através da Semma, com o apoio de SEMEC, ASCOM, Secretaria de Produção e Abastecimento, IDAM, FUNAI, ICMBio. Instituto Desenvolver, OOPMAS, ADAF, APEL, Instituto Federal, Governo do Amazonas, dentre outros.

A responsável pela pasta do Meio Ambiente no Município, IZANEZ OLIVEIRA DA SILVA, a popular ZINA, afirmou que todos esses eventos têm como finalidade principal mostrar à sociedade a necessidade de preservação do meio ambiente. Segundo ela, o prefeito Gean Barros tem buscado junto a todas as secretarias uma integração e respeito à sustentabilidade, mas é importante o engajamento de toda a sociedade para que a cidade implemente políticas de sustentabilidade ambiental.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA