Governo do Amazonas por meio do FPS inaugura quarto coletivo para Casa do Idoso

“Um sonho que hoje vai ser realidade”, disse o presidente da Sociedade de São Vicente de Paulo Casa do Idoso, João Romão, de 58 anos, sobre a inauguração das novas instalações do quarto coletivo reformado por meio do chamamento público (Edital) do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS).
O Governo do Amazonas, por meio do FPS, disponibilizou o aporte de R$ 150 mil para a reforma destinada ao acolhimento de idosos acamados ou com alto grau de dependência. A estrutura foi idealizada para potencializar a qualidade de vida e melhorar as respostas aos cuidados e aos tratamentos de saúde dos idosos em situação de vulnerabilidade.
A ação de inauguração contou com a presença da secretária executiva do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS), Kathelen Santos; da secretária estadual de Assistência Social (Seas), Márcia Sahdo; do  presidente da Sociedade de São Vicente de Paulo Casa do Idoso, João Romão; do presidente do Conselho Central da Sociedade São Vicente de Paulo Casa do Idoso, Luiz Carlos; da secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Viviane Lima e; da arquiteta do projeto, Ana Gorete Pimentel.
 
“O Fundo de Promoção Social está hoje com o sentimento de dever cumprido. Para nós, é motivo de muita alegria estarmos concluindo este projeto e poder apoiar esta instituição. Vamos ajudar no que for preciso”, disse a secretária executiva do FPS, Kathelen Santos.
Para o presidente da entidade, a obra será um grande apoio na qualidade do atendimento realizado na instituição.
“Estamos felizes e não temos palavras para expressar nossa alegria. Esta obra é um dos sonhos que se realizou e é de grande importância. Com certeza, fará diferença no atendimento aos nosso idosos dependentes e daremos uma atenção especial tanto para nossos idosos acamados quanto para cadeirantes”, completou João Romão.
Por meio da instituição, serão desenvolvidas atividades de acolhimento com idosos a partir de 60 anos de ambos os sexos, com diversos graus de dependência e vínculos familiares rompidos ou fragilizados.
Reforma – Os quartos coletivos foram construídos no espaço de 116,25m² com recursos do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS) do Estado, que, em 2016, também custeou a aquisição de materiais permanentes e de consumo para estruturar o refeitório e sala de convívio da instituição, disponibilizando  R$ 57.434,50.
COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA