Instrumentos que vêm da floresta são produzidos por alunos da FUnATI

Alunos da Fundação Universidade Aberta da Terceira Idade (FUnATI) estão encerrando a oficina de percussão amazônica com bioinstrumentos produzidos a partir de resíduos da floresta. A atividade será finalizada nesta quarta-feira (03/07), às 10h, no Teatro Aldemar Bonates do Centro de Convivência Magdalena Arce Daou, localizado na avenida Brasil, bairro Santo Antônio. O evento de encerramento é aberto ao público.

O curso, realizado durante três meses na FUnATI, foi coordenado pelos músicos amazonenses Celdo Braga e João Paulo, como parte de projeto que visa trabalhar a habilidade artesanal para confecção de bioinstrumentos e reutilização de material descartável, além de incentivar o gosto pela música e a valorização da cultura regional.

Cerca de 20 alunos da terceira idade apresentarão uma música autoral composta em sala de aula com os instrumentos produzidos e confeccionados com matérias-primas da natureza e material reutilizável como tubo de papelão, cuias, lâminas de madeira. Também haverá uma exposição dos instrumentos, que evocam a sonoridade amazônica, com a reprodução de cantos de pássaros e da cadência da chuva, entre outros.

Serviço: Encerramento da Oficina de Percussão Amazônica com bioinstrumentos produzidos por alunos da Fundação Universidade Aberta da Terceira Idade

Data/Hora: Quarta-feira, dia 3 de julho, às 10h (duração de 1h)

Local: Teatro Aldermar Bonates, Centro de Convivência da Família Magdalena Arce Daou, avenida Brasil, s/nº, bairro Santo Antônio

Entrada: Gratuita

FOTOS: Edmilson Pereira

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA