Rede de Comércios Protegidos será criada pela 25ª Cicom para auxiliar no combate e prevenção à criminalidade

CICOM
Clique aqui para ampliar a imagem

Para tornar mais próximo o contato com a população e utilizar ferramentas tecnológicas para melhorar o trabalho dos policiais militares, a 25ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) vai implantar o programa Rede de Comércios Protegidos. Inicialmente na forma de um projeto piloto, a proposta é criar uma rede de troca de informações entre polícia e comerciantes.

Em um primeiro momento, a Rede de Comércios Protegidos vai reunir, em um grupo de WhatsApp, donos de comércios da avenida Itacolomi, no bairro Armando Mendes, zona leste de Manaus. Posteriormente, também serão incluídos comerciantes das avenidas Autaz Mirim e Cosme Ferreira, na mesma zona urbana. A companhia atende, ainda, o bairro Zumbi, na zona leste, e parte do Distrito Industrial, nas zonas leste e sul.

De acordo com o comandante da 25ª Cicom, major Elyson dos Santos, a ideia foi importada de outra companhia onde ele atuou, e surgiu a partir da análise da mancha criminal do bairro e da necessidade de intensificar ações nas principais ruas comerciais da área. O major explicou como o trabalho irá funcionar.

“Baseado em um grupo de WhatsApp, do qual farão parte policiais e comerciantes, vamos receber informações sobre ocorrências e suspeitos e repassaremos informações e dicas de segurança, agilizando esse contato entre comunidade, polícia e comerciantes”.

Nas próximas semanas, serão realizadas visitas aos comércios e reuniões com os proprietários e funcionários para que as orientações sobre o programa sejam repassadas e as demandas conhecidas.

Mais segurança – Funcionária de uma padaria na avenida Itacolomi, Antônia Costa chega ao trabalho todos os dias às 4h30 da manhã, há três anos. Para ela, a presença mais próxima da polícia trará mais tranquilidade. “Eu acho a iniciativa muito importante porque estamos em uma área vermelha e precisamos dessa segurança maior”, disse.

A proximidade da comunidade e a participação da mesma, com denúncias, são apontadas pelo comandante como importantes para que o policiamento seja mais eficiente, especialmente no combate aos roubos, furtos e tráfico de drogas. Para isso, a companhia disponibiliza, também, o telefone (92) 98842-2911 para contato direto com os policiais.

FOTOS: Divulgação / SSP-AM

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA